segunda-feira, junho 11, 2007

Sonic Youth - Daydream Nation

O que mais ando lendo ultimamente são posts reclamando de Death Metal e afins, e que o posts do Nails eram melhores e até que nos estamos afundando! Bom, já explicamos tudo nos comentárioss esses dias, sobre nossas divergências e o assunto tá encerrado, desejamos toda a sorte pra ele. Apesar de termos a mesma proposta de divulgar sons pro pessoal, fazemos de modo bem diferente, e o que sempre nos diferenciou, desde o início, é postar coisas mais underground e músicas que nós gostamos, e claro, atendendo pedidos na medida do possível, e sempre passando um breve release sobre o disco ou a banda, que é a parte mais legal e mais difícil, pois consome algum tempo, porém, é o que gostamos, trocar informações e conhecimento.
Então to aqui pra postar exatamente isso, uma banda que é sinônimo de underground, e igualmente, uma banda que eu gosto: Sonic Youth.
Formado em 1981 em Nova Iorque, pelos três integrantes-líderes da banda: Thurston Moore (Guitarra, voz, baqueta, chave de fenda e principal letrista), Kim Gordon(Baixo, voz, letrista e mulher de Thurston), Lee Ranaldo (Guitarra, órgão, voz e letras, e também usa a chave de fenda), e com contínuas trocas de bateristas, até que em 85, se estabeleceu Steve Shelley, e com esta formação, permanecem na ativa até hoje (Lançaram disco ano passado ainda).
Na época da formação da banda, o somo que eles faziam era algo extremamente experimental e extremamente sujo e barulhento, algo como um noise-experimental-rock, meio pós-punk, uma viagem musical (Os dois guitarrista alteravam seus captadores para conseguir timbres diferentes e usavam ferramentas, como as ditas para também tirar sons anormais) que eu dúvido que até o maior fã da banda goste de verdade, mas que teve seu valor, o pessoal do punk estava mudando seu som, para o que mais tarde teriamos com o chamado alternativo, o rótulo, talvez mais usado para a banda, que até então não era usado.
Sempre tiveram problemas com gravadoras, passaram por várias gravadora independentes, dentre elas, a SST e a Enigma, selo pelo qual lançaram este disco grandioso: Daydream Nation, em 1989, e é com certeza, um dos melhores discos desta década.
Aqui o som não é mais a barulheira dos primeiros discos, mas o noise continua sempre, também não há um grande experimentalismo de álbuns posteriores, mas claro, há a presença de viagens musicais. A primeira faixa já vale pelo cd, o maior hino da banda: "Teenage Riot", é o grito de uma geração entediada, que sempre cita o Sonic Yout, como uma das maiores influências, pois conseguia passar por som, toda a melâncolia, raiva, angústia, de modo barulhento e incomum. Escute "'Croz The Breeze" ou "Kissability" e veja o poder do Sonic Yout. Clica na capa e saiba por quê.

9 comentários:

JIM disse...

para mi el blog esta buenisimo...pero casi nunca se puede satisfacer a todos....siempre habra alguien a quien no le guste la musica que se postea ami personalmente em encanta ...sigan asi...el blog esat buenisimo como este disco...un abrazo desde argentina...
PD:el blog esta genial pero mataria que subas el disco The Fantomas Melvins Big Band - Millennium Monster Work

Anônimo disse...

os argentinos tao gostando
kkkkkkkkkkkkkk
kkkkkkkkkkkkkk
qm escuta esses tipo de coisas dever viver em sargeta sei lah
eh claro q bandas assim nao lucram nada pois eh feita por pessoas escrotas
prefiro arte da musica new metal ou algo q me supreenda em inteligencia nao essas porqueras sem fundamento coisa de doente mental

Cris Tchitcho disse...

ah, parabens pelo blog, sempre passo por aqui e baixo algumas coisas...esse do Sonic Youth não vou baixar pq já tenho aqui, pois é um excelente album...
Um abraço!

synyster.a7x disse...

"prefiro arte da musica new metal ou algo q me supreenda em inteligencia nao essas porqueras sem fundamento coisa de doente mental"


QUE CARA TOSCO CRITICANDO COMO SE O NEW MERDA FOSSE A MELHOR COISA DO MUNDO, COM SE GUITARRAS SUJAS E DISTORCIDAS NAUM TIVESSEM NASCIDO EM BANDAS COMO ESSA

Julio disse...

Gracias, hermano! :D

Anônimo disse...

kill your idol
foi aperfeicoado!!! ateh chegar a new metal
simples e de qualidade com ideias nao com algo pornografico sem logica criticando e fazem justamente coisas q provam os evangelicos estar certo o ew metal eh conciencia acima de tudo

indulgencia nao eh compulsao!!!

Julio disse...

Anônimo, ninguém leva a sério seus comentários.
Faz o seguinte:
1 - Vá até a comunidade do Mayhem no orkut.
2 - Diga que o Euronymous era evangélico.
3 - Dê risada dos garotinhos de 15 anos que se acham malvados por curtirem black metal.
4 - Some daqui, porque todo mundo já se ligou que você tá de zoeira.

Anônimo disse...

sou OUTRO anônimo e concordo com a resenha, a banda e muito diferente e passsa mesmo toda a angustia da epoca, e é muito atual, porque a minha geração, de 1990 tbm e cada vez mais idiota e consumista. nao sei onde vamos parar. tbm gosto de new metal , mas porra manda esse outro anonimo calar a boca. e mesmo um idiota filhinho de papai, que escuta tudo q passa na jovem pan (q pra mim e a propria besta do apocalipse) abraços e parabens pelo blog!

Anônimo disse...

Fala Fukt,

Papo ai ta alto nivel...
Melhor escutar um som...

Valeu o Sonic Youth - Daydream Nation

ZEM