quinta-feira, maio 08, 2008

Destinity - The Inside


Destinity é uma banda francesa que se arrisca em inovar, de certo modo. Tocar heavy metal com vocais death e passagens sinfônicas de teclado (bem orquestrais; aliás, possui até uns coros nessa linha) não é novidade para ninguém, mas o modo como esse álbum foi produzido é uma novidade, sim.
A princípio, o instrumental é na linha do heavy, porém com a produção encorpada, acabou soando bem agressivo, sem cair naquela mesmice dos anos 80 que, hoje em dia, soa sem sal. O vocal principal é gutural e sujo, mas nos refrãos surgem coros de ópera. O melhor de tudo mesmo é a produção, com uma sonoridade bem original, dando aquela pitada extra ao álbum, já que as músicas não são lá grandes coisas. Não chegam a ser ruins, mas ficam muito na mediocridade. Possui certo trabalho e os músicos são competentes, mas falta algo que prenda mais à audição, pois lá pela quinta música você perceberá que o álbum em si é praticamente igual do início ao fim.
Inteligente e atual, mas sem músicas gloriosas, portanto não é aquele álbum que vai mudar a vida de alguém, ou sequer chegar perto disso. Simplesmente mais um entre muitos, mas com uma produção melhor. E levando em consideração que já é o 6º álbums dos caras, é difícil imaginar uma explosão mundial. Triste...
Download.

3 comentários:

Felipe disse...

Ruim demais heim, e o Pathology?

Anônimo disse...

enfia o pathology no cu!

Felipe Eugênio disse...

cara mais chato, vai dar a bunda pro gato arranhar...