domingo, abril 01, 2007

Rolling Stones - Sticky Fingers


Se há uma questão que muita gente considera complicada e eu considero simples de responder, é aquela clássica: "Quem é melhor: Beatles ou Stones?". Stones, minha gente. É meio errado comparar, pois no som não há muita semelhança, mas a importância das duas bandas para a música nos anos 60 foi gigante! Bem, isso é fato mesmo, as duas foram importantes, todavia creio que os Stones influenciaram muito mais as outras bandas que apareceriam na seqüência. Enquanto os Beatles cantavam sobre paz e amor, os Stones estavam cantando sobre a violência e coisas do gênero, mais precisamente sobre a REALIDADE e não sobre uma UTOPIA de todas as pessoas vivendo em harmonia e amor. Seria bom se fosse como os Beatles e o John Lennon cantavam, né? Mas é algo que, a meu ver, é bem utópico. Já os Stones estavam protestando! Claro que não há como comparar com o protesto de um hardcore anos 80, mas, se esses caras fizeram algo nos anos 80, foi porque tudo começou no final dos 60 e durante os 70 com os Stones e outras bandas.
Saindo fora dessa questão, vou falar para vocês sobre esse excelente Sticky Fingers, disco que eu considero um dos melhores deles, se não o melhor. Foi lançado em 1971 num período em que a banda estava muito inspirada, e isso você confere principalmente no trabalho de guitarra de Keith Richards. Aqui vocês têm a oportunidade de escutar vários clássicos da banda, músicas que são executadas nos shows até hoje, tais como a animadora "Brown Sugar", a balada "Wild Horses", a chapante "Sister Morphine" e muito mais. Gosto muito também da música "Sway", que não é animada mas também não é balada. Keith Richards faz solos muito marcantes e a voz de Mick é única! Não só isso, Mick é um exemplo não só de vocalista e compositor, mas sim de artista em geral, basta ver suas performances ao-vivo que sempre são pra lá de agitadas, resistindo às décadas que se passaram desde quando ele era apenas um muleque novato no programa do Ed Sullivan! "Can't Your Hear Me Knocking" é outra música excelente deste CD. O destaque maior nela é uma parte mais "experimental" com percussão, bastante solo de guitarra, saxofone e teclados. "You Gotta Move" é um som bem country/blues, com a gravação de um Mick Jagger totalmente chapado, sem sombra de dúvidas! Keith toca violão e sola bem na manha, totalmente influenciado por gente como Chuck Berry, que, segundo o próprio Keith, é quem ele sempre sonhou em ser. "Bitch" é outro som bom demais, com os riffs marcantes de Keith e o estilo de bateria bem único de Charlie Watts! Não sei como explicar, o cara tem um estilo único de tocar. Não é nada impossível de fazer, mas é bem original e me agrada. Há também a presença dos saxofones nesse som, que casaram perfeitamente com as guitarras.
Então, caros leitores, baixem esse clássico aqui e vejam como a boa música NUNCA envelhecerá! :D

2 comentários:

Ser da Noite disse...

Stick Fingers é um clássico dos Stones. Brown Sugar, Wild Horses, Bitch e Sister Morphine são imperdíveis

Obs: Teu pedido foi atendido lá no blog.

L&C.Net disse...

STICK FINGERS É D+, PENA QUE QUANDO DESCOMPACTEI 3 MÚSICAS ESTAVAM CORROMPIDAS.
SERÁ QUE DÁ PRA POSTAR DE NOVO?
FICAREI MUITO GRATO!!!
FLW!!!