sexta-feira, setembro 21, 2007

Amon Amarth - With Oden On Our Side


Os suecos do Amon Amarth chegaram ao sexto álbum com esse With Oden On Our Side, lançado em 2006.
O metal baseado em composições melódicas e cheias de feeling, sempre com letras sobre mitologia viking e livros/obras de Tolkien, foi o ponto forte da banda. Em álbuns como Versus The World e Fate Of Norns, dá para sentir algo excepcional na atmosfera criada. A banda é conhecida popularmente como "viking metal", todavia o vocalista Johan Hegg disse em uma entrevista que eles são apenas "death metal com letras vikings" e que não consegue imaginar vikins tocando um som assim. "Creio que eles só batiam em escudos e bongos, algo assim..." - Disse ele.
Não sei se é conseqüência do tempo ou se os caras realmente quiseram remoldar o som, mas esse último álbum aqui perdeu muito do feeling e ganhou muita velocidade, principalmente na bateria. Esses andamentos de deixar os 2 bumbos soando e dar uma batida por segundo na caixa não era típico deles, e sim de bandas de metal melódico que não me agradam. Os ritmos de marcha ou mais cadenciados - que são de enorme presunção em músicas como "Pursuit of Vikings" - foram praticamente esquecidos. A produção ficou bem moderna, soa muito "limpa", se é que posso dizer assim.
Não preciso dizer que o álbum não é o que eu esperava, né? Apesar disso, "Asator" é uma música que tem um refrão legal e uma bela linha de guitarra. "Under The Northern Star" possui riffs lindos, mas a masterização desse CD parece não ter favorecido muito. O vocal ficou excelente, bem definido e marcante. "Gods Of War Arise" é a música que mais lembra as antigas e, portanto, é também a melhor do CD.
São 9 faixas que compõem esse bom álbum. Repito: Deixa a desejar, a meu gosto, se comparado aos materiais antigos. Não vou escutar tanto como os outros, e deixo explícito aqui que é pela sonoridade - não pela popularidade da banda ou algo do gênero.
Mas cada pessoa tem uma opinião, não é? Forme a sua baixando o álbum aqui.

Um comentário:

sDm disse...

na minha opnião o amon amarth evoluio muito! ja era um som original e agora sem apego a nada cru ou de produçao suja.. tão comum no death metal.