segunda-feira, novembro 26, 2007

Megadeth - The System Has Failed

Pra começar a semana arregaçando a boca do balão, decidi que a pegada é a seguinte: ]\/[egadet]-[ again, mutherfockers hehehe.....
O ano é 2001, Megadeth acaba de lançar The World Needs A Hero. A galera não está muito satisfeita: depois do guitarrista-vocalista-fundador e líder da banda, Dave Mustaine, cagar no pau com Risk, Mr. Friedman abandonar o grupo e o contrato com a Capitol ir pro abraço, o que esperar da banda? Com uma aceitação mediana por parte da audiência, o então novo album saía pela Sanctuary, o selo do Iron, e trazia o bom e velho Mega botando pra quebrar (apesar do disco não ser tão bem aceito). Infelizmente em 2002, Mustaine sofre um acidente e acaba machucando o braço, o que o deixa impossibilitado de tocar guitarra (tempos depois o baixista David Ellefson deixa a banda e começa uma guerra judicial contra Mustaine, exigindo direitos sobre o nome Megadeth). Mustaine fica recluso por um tempo, mas não joga a toalha, decide lançar uma versão melhorada de "Killing is My Business... and Business Is Good" todo remixado e remasterizado, soando mais intenso com instrumentos e vocais mais altos e qualidade de som fantástica. Ótima surpresa para os fãs recalcados. Mas o melhor estava por vir...


Em 2004 toda a discografia da banda é relançada nos moldes do "Killing..." e uma surpresa: um álbum de estúdio novinho em folha. A idéia inicial era acabar com o Megadeth e dedicar-se à carreira solo, mas como devia mais um disco à gravadora, Mustaine chama seu velho amigo Chris Poland (guitarrista dos 2 primeiros discos) para dar uma "ajudinha" nas gravações, fazendo solos e contribuições em geral (sabe-se que Mustaine chamara Ellefson para gravar o disco também, que só aceitaria se fosse recrutado baixista oficial novamente, o que não ocorre). O resultado é este disco fantástico que vos disponibilizo. Um disco que marca o retorno triunfante da banda gerando forte expectativa depois de muitos altos-e-baixos.
Começando com "Blackmail the Universe", Mustaine mostra que não está pra brincadeira, é um petardo sonoro apropriado digno de primeira faixa, a bateria não dá descanso, bumbo duplo que do começo ao fim rasga riffs e solos a fio. No decorrer
do play, o côro come: destaque para "Kick The Chair" (preste atenção ao solo final made by Chris fucking Poland), "Tears in a Vial" (supostamente dedicada a Ellefson), "Back In The Day", "Of Mice and Man" dentre outras. "Shadow of Deth" traz o bíblico Salmo 23 completo, Mr. Mustaine convertera-se evangélico e começa a refletir sua condição nas letras.
A estrada novamente é o destino, juntamente com o guitar Glen Drover, batera Shawn Drover, e o baixista James MacDonough, fazem a "Blackmail the Universe World Tour" (passando inclusive pelo Brasil cujo o humilde ser humano que vos escreve pôde estar presente), oficializando o renascimento da banda, a ressurreição, de um dos fundadores do thrash americano.
Posso dizer que sinceramente, quando ouvi "The System Has Failed" pela primeira vez, não me empolguei muito, talvez pelo fato de eu estar bitolado em punk rock na época. Mas conforme passou o tempo, fui digerindo lentamente o trabalho, hoje posso dizer com convicção: puta disco bem feito, produzido com cuidado, traz músicas meticulosamente trabalhadas, faz com que qualquer true headbanger chacoalhe seu traseiro enquanto aprecia uma cerveja gelada.
Macacada, não se assustem com o tamanho do arquivo, provavelmente o badongo vai dividir em duas partes pois o tamanho total deu 140 MB. As MP3 tão com qualidade máxima (320 kbps) e ta incluso letras e bonus tracks ao vivo de alguns sons, pode ter certeza que vale a pena baixar essa pérola!
Mesmo esquema de sempre, para fazer o download clique na capa do disco. Como eu sou bonzinho, incluí junto algumas bonus tracks ao vivo de musicas deste play, alright? E pra você que achou bacana a idéia dos posts anteriores, segue junto com as mp3 um html com as letras e imagens da capa e verso do disco, porque "já que é pra fazer, vamo fazer direito, porra!" kkkkkkkkkkkkkkk um abraço a todos!

2 comentários:

Anônimo disse...

Olha, o link da capa leva para a imagem da própria capa. Se puder corrigir o link agradeço.

Valeu pela resenha. Não sabia de quase nada do que vc disse, mas acho Megadeth incrível.

Vlw

DUHALDE DAFT PUNK disse...

Muchas gracias, rica mierda, y a 320.