segunda-feira, novembro 26, 2007

Celldweller - The Beta Cessions


Sou muito grato ao leitor desbocado que, certo dia, comentou em um CD: "que merda! acho que deveriam postar cellweller". Sim, o cara pediu de forma errada, mas lembrei de já ter escutado algo parecido. Era Celldweller, e não "cellweller". Ah, eram bons e velhos tempos de Road Rash: Jailbreak, embalados por trilhas que iam do punk rock ao industrial alternativo. Celldweller era uma das inúmeras bandas inseridas no game, possivelmente a mais famosa. Nunca mais tinha ouvido, e decidi baixar, não porque o cara pediu, sim porque me deu vontade. Surpresa total! Baixei o primeiro e "único" disco da "banda" (na verdade 90% das coisas são feitas pelo vocalista/programador/guitarrista/diabo a 4 Klayton) e viciei. Passou a ser meu álbum mais escutado nos últimos tempos, algumas faixas são tão marcantes que eu gosto de escutar todos os dias.
The Beta Cessions, de 2004 (há sites como o Amazon.com que dizem que o lançamento foi em 2007; vai saber?!), é um presente aos fãs. CD duplo de edição luxuosa, feito especialmente para quem realmente curtiu o som. No primeiro CD, você pode conferir as primeiras versões de alguns sons, demos, remixes, mixes, instrumentais e unreleaseds. No segundo, você encontrará todas as músicas do primeiro álbum em versão instrumental. Para uns isso não pode passar de mera babaquice, mas quem escutar o segundo disco com atenção, poderá ter noção de vários efeitos de edição, mixagem e masterização. Aos que não conhecem, Celldweller é uma banda de metal industrial, que perambula pelo acid trance, pelo som acústico, pelo rock, pelo dark wave (o que remanesceu do extinto Circle of Dust) e por aí vai, tudo isso resultando numa sonoridade única, porém que vem influenciando gente como os rapazes do AP2 (antigo Argyle Park).
É provável que esse ano saia o segundo full-lenght do Celldweller, pois Klayton já está gravando e produzindo o álbum. Segundo as promessas, é algo que promete ir muito além novamente, utilizando ao máximo todos os recursos para fazer o álbum soar muito futurista e nunca envelhecer.
Downloads:
CD 1.
CD 2.

7 comentários:

You'll never walk alone disse...

Bom blog.Já agora recomendava que ouvisses Zeromancer,tá no mesmo género que Circle Of Durst e Celldwell.Cumprimentos de Portugal :)

Rafão Nadavê disse...

caralhoo!!! Achei esse blog hoje por acaso e jah virei fan cara! Muito foda!!!

Jah baxei 5 cds duma vez só!!! Um nada a ve um com o outro... Chico Science e nação zumbi, Rattus, Black Sabbath "heaven and hell", Poison the well e Soulfly "Dark ages".

Agora to teminando de baixar um album do Manowar que eu tinha em fita k7 quando eu era muleke e que nunca mais tinha visto.

Valew ae! Até mais!!!

Augusto disse...

Caralho, sem dúvidas uma das minhas bandas favoritas!
Eu tenho os 2 cds na máquina faz um tempinho. Sempre ouço e nunca enjoa. É incrível...
Posta mais bandas deste estilo aí \o
Algumas recomendações:
Zeromancer, Deadstar Assembly, Sister Machine Gun, Dope Stars Inc., Front Line Assembly, NIN (já deve ter :P), etc.
Industrial rock/metal ftw!

Julio disse...

Valeu, galera! :D

Sobre Zeromancer, já escutei mas não achei tão bom, e NIN já tem uma porrada de álbuns.
Em breve o Argyle Park antigo e, quem sabe, Angeldust, Chatterbox, por aí.

Felipe Eugênio disse...

Como vocês falam em Industrial e não tocam no nome do Ministry, huh?

Nilson disse...

S E N S A C I O N A L ! !

Caras, muito bom esses 2 CD´s do Celldweller! Energia pura, mistura muito legal de guitarra, samplers, teclados e efeitos sonoros. Postem mais do gênero, vai fazer o maior sucesso! Abração.

M0TT4 disse...

vc cometeu um erro... O AP2 acabou em 2000 e o celldweller num tenha lançado nada ate o ano de 2001 entao como o celldweller vai influenciar alguem antes de ter algum material pronto...