terça-feira, novembro 27, 2007

Saron Gas - Fragile


Que confusão, galera! Baixei esse disco como se fosse de uma banda chamada Seether. Então, meses depois procurei informações sobre o Seether (sim, demoro meses a escutar as coisas que baixo), porém o álbum não constava na discografia. Apesar de notícias semelhantes, esse álbum não aparecia na história da banda. Que diabos era, então?! Na verdade, as bandas em questão são a mesma, mas Saron Gas só veio a se tornar Seether após o lançamento desse CD, que foi um registro exclusivo lançado apenas na África do Sul, o país de onde a banda vem. Ouvi falar muito de Seether, mas nunca tinha ouvido falar de Saron Gas. Diziam que parecia Fozzy e Saliva, mas, nesse material, está a léguas de distância. O que importa, é que isso não faz diferença alguma pra mim, já que achei o disco beeeem fraco. Já vou avisando que recomendo quase só para quem curte baladas no estilo Nirvana ou "post-grunge", música melosa com minúsculos toques de distorção e letras depressivas. Não que isso seja ruim, apenas quero deixar claro que é algo que não me agrada em cheio, não. Agradou aos grandes selos, porque vários colocaram o olho mas apenas um deles contratou a banda e, a partir daí, o sucesso mundial estava a caminho. Nunca foi algo extremamente grande, tanto que eu creio que muitos sequer ouviram falar. Talvez eu deva procurar os álbuns seguintes (dizem que são bem melhores).
Bom para dar uma variada ou conhecer, mas bem chatinho quando o vocalista fica lamentando sua provável infância em "Dazed and Abused".
Download.

3 comentários:

Nilson disse...

Olha, acho o Seetther uma banda bem legal, está mais pra Nickelback, só que com mais peso. O primeiro CD deles que conheci foi o "Disclaimer II" e depois o "Karma and Effects" que acredito ser o mais recente. Tenho dos 2 CD´s originais, mas sugiro a postagem para a galera que não conhece ainda.

Nilson disse...

Para complementar meu comentário: muitas das músicas desse CD "Fragile" do Saron Gas (69 tea, Pride, Fine Again,Pig, etc) foram relançadas no CD "Disclaimer II" do Seether em versões bastante melhoradas. O CD é famoso por trazer a música mais conhecida da banda: "Broken" que teve até uma vesrão com a Ami Lee, vocalista do Evanescene. E, sim, é a mesma banda, o vocalista é inconfundível.

Nilson disse...

Aí galera! O Seether lançou novo CD "Finding Beauty In Negative Spaces", fica minha sugestão para uma futura postagem. Valeu!