sexta-feira, novembro 23, 2007

Megadeth - United Abominations

É macacada, sim sim senhoras e senhores, aqui está, com qualidade 320kbps: United Abominations! Yeah! Nego deve tá perguntando (Os que curtiram meu post anterior) "Porra, mas ele não ia metê mais um disco do Satanic, completando uma trilogia aqui no blog?". É amiguinhos, mudei de idéia, isso devido à alguns fatores:
-Reclamaram que o UA ainda não foi postado aqui.
-Leo Duarte mandou bem upando o fodístico Rust In Peace.
-Fiquei com vontade de mudar de idéia.
-Sou fã de Megadeth, e por fim.
-Felipe, o cabeça de torta de repolho, vinha me pedindo uma resenha sobre esse disco há muito tempo, então a hora é agora pra você que quer fazer o download.
Esse álbum merece respeito, afinal, não é todo dia que uma banda tipo o Megadeth decide voltar a fazer um som fudido de novo. Andam dizendo por aí em tudo quanto é canto que Megadeth voltou às origens, e isso é uma das maiores merdas que eu já ouvi. Ok Ok amigos, esse disco é bom pra caralho, mas porra "Voltou às origens?". Na minha opinião, soa demasiadamente exagerado, visto que, interpreto origens coisas na linha de Killing Is My Business à Rust In Peace, e se você pegar esses 4 discos do começo da banda e comparar com o United, são muito, muito mais pesados. É claro, que como eu já falei, isso é minha opinião, se você discorda: Ok, mas ouça novamente o The World Needs A Hero (Puta disco injustiçado), acho que a ordem das músicas fez com que a galera ficasse com sono, pois o disco começa vagarosamente lento com a depressiva "Disconnect", mas veja, alí, em 2001, o Megadeth já tinha "voltado às origens", fazendo som fudido novamente.
Bom, não importa, é um discão, traz uma vibração forte, começando com "Seep Walker" que o Mustaine chupou uma parte do riff de "Holy Wars", música rápida, bumbo-duplo sem parar, traz uma sensação parecida a de "Blackmail The Universe", por ter essa levada bumbada no decorrer do som. "Washington Is Next", na humilde opinião de quem vos escreve, é o melhor som do disco, muito muito cabuloso, fantásticamente fudida é essa faixa, merece destaque! "Never Walk Alone" é uma musica peculiar Mustaineana (Se é que isso existe), logo percebi a experimentação vindo à tona, resgatando lembranças de sons como "Train Of Consequences" e "Moto Psycho". "N.W.A." tem uma levada bem chapada, dando uma swingada no refrão, muito bacana. Vou fazer o seguinte, não vou ficar aqui descrevendo faixa-a-faixa, clique na capa do disco e faça o download, tire suas próprias conclusões, é um disco que vale a pena conferir! Holly Fuckin' Shit!


PS.: Mesmo esquema do post anterior, letras completas + capa e contracapa.

3 comentários:

Anônimo disse...

otimo muito bom esse cd

Anônimo disse...

posta ALESANA por favor

blessed are the sick disse...

uma porcaria de cd