terça-feira, janeiro 22, 2008

Dance Club Massacre - Feast Of The Blood Monsters


As aparências enganam - já diz o velho ditado. E quem comprova isso são os caras do Dance Club Massacre, essa banda formada aparentemente por um bando de nerds que a melhor coisa que devem saber tocar é punheta! Mas é botar a tocar o CD para o suspense pairar no ar. Com a intro cheia de suspense batizada de "Dios Mio El Diablo Es Muy Picante", eu fiquei naquela expectativa, mas aí veio "Meet Me In The Pub For A Shot Of Dignity", que é totalmente destruidora, mostrando um tipo de som que muita gente duvidou que existiria um dia: Grindcore técnico. É, galera, muita técnica somada à velocidade e à caoticagem do grindcore. É o mesmo tipo de som de bandas na linha do See You Next Tuesday, Destroyer Destroyer e Machinist. "Devon Butler's Dying Wishes" vem grudada nessa, e a partir daí tá garantida a porradaria até o fim do CD, que ainda conta com excelentes passagens de teclado. "Que?! Teclado?!" É, teclado. Considerados também como uma banda de "grindcore técnico e experimental", esses moços ae estão crescendo rápido como Candida Albicans em uma pessoa com o Vírus da Imunodeficiência Humana. Vale ressaltar que o grind em questão é somente instrumental, pois as letras da banda são dedicadas exclusivamente a humor negro, massacre e temas bizarros.
Começaram a carreira profissional em 2005, com uma demo EP. Logo em 2006, essa beleza de CD aqui foi lançada de maneira independente, ou seja, pela própria banda e, feito isso, conseguiram contrato com um selo que relançou (e remasterizou) esse mesmo CD em 2007. Essa versão aqui para download é a primeira. Além de uma certa mudança na sonoridade, a capa também foi modificada. Baixe!

Um comentário:

chuck norris disse...

taí uma banda que eu não conhecia e vale a pena pra quem gosta de grind e extreme metal. belo post capitão! FACA NA CAVEIRA!!!!