quarta-feira, maio 28, 2008

Ravi Shankar - Sound Of The Sitar


Eu disse que ele voltaria a passar por aqui, e aqui está: Ravi Shankar, o mestre indiano da Sitar. Novamente eu digo: Escutar um álbum completo desse músico é como viajar para longe sem sair de sua casa. É se sentir lá na Índia, no meio do calor, ao olhar o pôr do sol se avermelhando no horizonte, como se tudo que existisse no mundo fosse apenas você, o sol e a música. O ambiente
está completamente ao seu redor, mas não parece lhe afetar, pois a música penetra em sua mente mais que profundamente.
Sound Of The Sitar foi lançado em 1965 e é o oitavo álbum de Ravi (ele tem mais de 30 álbuns oficiais). Seu nome já descreve claramente o que conferimos aqui: O som claro, puro, lindo e único de uma sitar. Como possui várias cordas, passa também a impressão de que Ravi toca mais de um instrumento ao mesmo tempo. Suas melodias são tantas, que fica difícil memorizá-las. Suas músicas são progressivas, mas as progressões são lentas. Além de muito pouco ser repetido, algumas músicas são perfeitamente grudadas, e se você escutá-las na seqüência, nem perceberá as trocas. É um álbum de 40 minutos, mas esses valem por muitos, pois possuem alma. A alma indiana está presente no sitar de Ravi. Nunca fui à Índia, mas me sinto lá escutando suas músicas. Mais ainda: Relaxo, desconecto-me de tudo ao redor, tenho paz por momentos (coisa rara, ainda mais quando se vira adulto), medito, faço reflexões e ainda aprecio um homem a dominar um instrumento musical complicado. E acredite: Isso com apenas 4 músicas. Não há como deixar de citar também as passagens de percussão, que são velozes e com sons característicos. Parecem ser feitas de barro, ou de um material bem sólido, e dão uns gás extra aos dedos de Shankar, que é obrigado a solar na mesma velocidade, e até falar (algumas falas parecem ordens, ou um simples auxílio como um metrônomo verbal).
Se você procura por algo diferente, bonito e capaz de lhe transportar até um lugar onde você ainda não foi, baixe agora mesmo.

5 comentários:

Edmilson disse...

Opa, ótimo post. Adorei o outro álbum, e já tô baixando esse. Faço das suas, as minhas palavras em relação à esse músico. Ótima descrição. Valeu.

Symbiont disse...

Obrigado pelo interesse e pelo comentário! :)

Anônimo disse...

PUTAQUEPARIU! ACHEI UMA BOSTAAAA!!!

Edmilson disse...

Que ruim/bom pra vocêeee!!! hehe

É nisso que dá quando esquece o capslock ligado :P

chucnorris disse...

nossa desenterrou esse , muito bom parabens !