quinta-feira, junho 04, 2009

Jesu - Why Are We Not Perfect?


Ao escutar este EP do Jesu, muitos pensamentos bons transitam em minha mente. O que me deixa mais feliz é saber que o grande cérebro por trás da banda é Justin Broadrick - um dos primeiros membros do Napalm Death e posteriormente do Godflesh. Mas por quê tanta felicidade? Pelo 'simples' fato de que aprecio em demasia tanto grindcore e som extremo em geral quanto som extremamente leve, mais precisamente música ambient. Portanto, fico feliz de ver que os caras de bandas assim também demonstram interesse em outras áreas da música, como eu, arriscando-se numa carreira assim. É uma maneira de se sentir menos isolado deste mundo, acredite...
Why Are We Not Perfect? contém as mesmas músicas que foram lançadas no split EP com o Eluvium, sendo que a única diferença é a adição de versões alternativas para duas das três faixas. Dizem que esse é o registro mais "acessível" da banda. Admito que só conheço esse material (no momento) e, em decorrência disso, não posso opinar sobre a questão. As únicas afirmações que posso fazer são: Sim, é um material acessível a um público grande, pois é bem leve e deveras agradável de apreciar. A outra é que, independente de tudo isso, temos em mãos um dos materiais de ambient mais cativantes dos últimos tempos! Há muitas atmosferas, vocais oníricos, suaves linhas de bateria e muito experimentalismo na manipulação do som em geral. Como audição obrigatória, indico a faixa título, visto que é tão serena que dá sono (no bom sentido, obviamente).
Justin é quem faz tudo, acredito eu. Somente para a apresentação ao-vivo que necessita de outros músicos. Garanto que todos conhecem o ditado "Quer bem feito? Faça você mesmo!". É, faz sentido. Muitas das "one man band" de hoje em dia executam algo muito interessante...
Frizo novamente: Jesu é uma dessas e é extremamente cativante! O EP em questão agradará de cara, sendo que a tendência é melhorar com o tempo. Download.

5 comentários:

Felipe disse...

nossa, grind e ambient, vocês são hipsters mesmo heim

Anônimo disse...

gosto muito do primeiro cd.. jesu é legal.

Zumbilly disse...

É no mínimo interessante, confesso que nunca escuto um disco inteiro de som ambient, apesar de ter algumas bandas que gosto.

Queria dizer que acompanho o blog de vc's faz algum tempo, e que algumas vezes 'roubo' algumas coisas pro meu blog.

Ramirez disse...

Muito bom o Justin Broadick também tem uns projetos realmente retardados...mas esse é uns dos melhores que já ouvi...
Tem a transparência particular da sua própria personalidade musical...

.borges disse...

Conheço o Jesu há muito tempo e sou grande fã de J Broadrick e seus projetos. Acho que fica mais fácil classificar o Jesu como Post-Metal que como "Ambient". Se me permite indicar, baixe o Conqueror, o EP Lifeline e o mais recente, Opiate Sun e você verá que é um dos melhores trampos já feitos. Ah, conheça meu blog, também de compartilhamento de músicas: socialbsidemusic.blogspot.com. O trabalho de vocês aqui é ótimo! Um abraço!