sexta-feira, julho 27, 2007

Steppenwolf - Steppenwolf


Após uma semana agitada (isso que nem terminou), fiquei dois dias sem postar. O pior é que o combinado era tomar uma ceva com o Lipe, na quarta, para comemorar um ano de blog, mas o cansaço me venceu! XP
Fiquei pensando... O que posto no blog para comemorar esse um ano? Tem que ser algo com uma música imortal! Pensei, pensei... As alternativas pareciam já ter sido todas utilizadas; escassas. Larguei de mão, fiquei lembrando de umas aventuras que fiz (mudança brusca de assunto mesmo), aí veio em mente aquele refrão lindo e imortal: "Boooooorn to beeee Wiiiiillld!!!". Caralho, galera! Deu um arrepio na espinha; então, pensei: "Steppenwolf, na certa!".
Os americanos tiveram enorme sucesso, e, felizmente, ainda têm, pois "Born to be Wild" é constantemente utilizada em trilhas sonoras de produções aventureiras, sem esquecer, é claro, que ela é o HINO dos motociclistas de todo o mundo!
Porra, e quem não tem saudades daquela fitinha de SNES, a do Rock and Roll Racing, jogo de corrida e destruição ao som das melhores trilhas sonoras possíveis? Claro que "Born To Be Wild" está lá! :D
Mas aproveito-me do espaço para dizer que Steppenwolf não é ótimo só por esse som. Já existe uma comunidade no orkut com tal nome, e ela é justa, sim. Porra, como é que "Sookie Sookie" ou as outras demais músicas do disco não fizeram sucesso? Além disso, os caras fazem covers lindos, como no caso de "Hoochie Coochie Man", do finado Muddy Waters.
Esse álbum auto-intitulado foi lançado em 1969, e, sem dúvidas, influenciou muita gente do calibre do Deep Purple. Caso você for uma daquelas pessoas que escutam álbuns prestando atenção desde as composições até aos métodos de gravação e técnicas de estúdio, perceberá que eles são adeptos da técnica mais utilizada pelo Deep Purple alguns anos depois: Teclado no lado direito, guitarra no esquerdo, demais instrumentos balanceados. Pelo que percebi, o teclado também parece estar plugado em uma caixa de guitarra, sendo assim, fica com uma sonoridade mais elétrica.
Rock, blues, clássico, maravilha... Steppenwolf é uma infinidade de adjetivos benígnos. Me arrependo muito por ter demorado tanto tempo para baixar o álbum completo!
Quanto a vocês, não façam como eu! Baixem agora e escutem assim que terminarem de baixar, porque isso aqui é material que resiste às décadas, e, quem sabe, resistirá aos séculos. Download.

5 comentários:

Rodiscreysson disse...

Será que vc conseguiriam algum trabalho de uma banda muito doida de BH chamada Dialect?
Eu ouvi uma fita demo dos caras em 1990 + ou - .
Se conseguir posta aí caras.

Valeu

rodiscreysson disse...

Qual o e-mail para contato? Tenho uma dica da hora prá vcs

Anônimo disse...

AE POSTA DOWN PARA GALERA

Anônimo disse...

muito bom post adorei o som. ae boa idéia posta DOWN

Felipe Eugênio disse...

gugu.liberato@hotmail.com