terça-feira, setembro 25, 2007

Asesino - Cristo Satánico


Pensei, pensei e acho que a melhor definição para este último disco é: Pancadaria Musical com ótima gravação. É aquela velha história que tô acostumado a ouvir o Julio falar, quando uma banda de Death ou Grind, enfim, algo brutal, resolve gravar um disco e para fazer isso, capricha totalmente na produção.
Bom, a proposta do Asesino, desde o início foi essa, após Dino Cazares largar o Brujeria, resolveu fazer o mesmo tipo de som, porém de maior qualidade. O Brujeria, pra quem não sabe foi um super grupo que começou tocando grindocre toscão em espanhol e tal (Pra maiores informações clica na link anterior, ou vai no google). Em 2002 eles lançaram o primeiro disco, o ótimo Corridos de Muerte, que para mim, está na lista dos melhores disco de música pesada, realmente, acho um ótimo disco, pois você consegue distinguir todos os intrumentos, o som tem graves e agudos, tudo muito bem feito para o tipo de som, chamado de Deathgrind.
Muito se especulou nesse longo intervalo até o lançamento do tão esperado Cristo Satánico, como novos integrantes e participações especiais, até que em Julho do ano passado foi lançado oficialmente este disco, o segundo álbum do grupo, que já tinha vazado na net, e algumas informações já tinham sido passadas pelo myspace da banda, sobre as participações especiais da banda. O line-up que gravou o disco e continua em turnê ainda é Dino Cazares (Asesino) na guitarra e vocal, seja o gutural ou o rasgado agudo, Tony Campo (Maldito X), baixista do Static-X, no baixo e na bateria Emilio Marquez (El Sadistico).
Este álbum apresentam os mesmos elementos que o álbum anterior, que ficou conheçida como a sonoridade da banda, riffs macabros, batera sempre veloz e muito peso e sujeira por parte do baixo, tudo com letras em espanhol, no estilo Narco Satánico. Sobre as participações, na música "Regressando Odio", o primeiro som após a introdução, temos Andreas Kisser (Sepultura) na guitarra e Jamey Jasta (Hatebreed) nos backvocals. Duas novidades neste disco, uma que foi 2 covers do Brujeria: "Missas Negras" e "Matando Güeros", mas felizmente, no estilo Asesino de tocar. A outra novidade, é a música "Y Tu Mamá También", um som totalmente estranho, comparado com o resto, começando com os riffs macabros clássicos na banda, acaba se tornando um certo "New Metal Asesino", se tem como imaginar isso, com um refrão com vocal melódico, resulta em uma música diferente, mas bem legal até, principalmente pelo parte lírica.
Enfim, um disco pra quem curte uma desgraçeira bem gravada, clica na capa e te diverte.

5 comentários:

Beto disse...

Bom dia Felipe Eugênio, gosto muito dos seus posts de MP3 e sou fã de Brujeria desde "niño" e lógico que também de Asesino, mas o post está sem link pra download. conserta aí.
abraços

seasick disse...

achei o blog muito bom.

só não achei nada do Converge, acho que tu vai curtir essa banda. procura pelo cd Jane Doe.

parabéns pelo blog.

Felipe Eugênio disse...

Ae gurizada sedenta por Asesino, foi mal dessa vez, esqueci de botar o link, cabeção!
Mas agora está tudo correto, download confirmado ;)

Anônimo disse...

ai cara muito bom o blog acompanho ele desde a época q vc postou terrorizer fornication!desde lá muita coisa já passou por aki!
mas tem como vc postar som do grande HEADHUNTER DC?! Pra mim uma das melhores bandas de death metal do mundo!Ainda são brasileiros,mas sofrem um preconceito muito grande só por serem nordestinos abraços!

Otavio disse...

Parabéns, pelo blog!

Posts absolutamente sensacionais, de estilos bem variados.

Encontrei sons que procurava há tempos!

Só um toque. Há uma informação equivocada no post do Asesino. Quem canta na banda é o Tony Campos, não o Dino Cazares.

Valeu!

Abs e continuem postando!