domingo, outubro 28, 2007

Pavement - Wowee Zowee

Passeando pelas ruas de Dublin, entrando em lojas de discos para ver o que andava tocando por essas bandas, entrei numa das maiores redes de lojas, a HMV, na qual tinha uma sessão que era algo do tipo "Indicações da Casa". Entre clássicos de Pink Floyd à Clash, consegui notar a presença de uma banda de proporções muito menores figurando entre os grandões, e que como as outras citadas, é um som que eu acho muito divertido, o Pavement, que estava com seus discos Wowee Zowee e Slanted e Enchated neste sessão, parabéns pela escolha.
Claro, essa era uma sessão na qual só fazia parte bandas de rock pop, mesmo que os caras achassem o Reign In Blood um dos melhores discos já lançados na história, ele não estaria lá. Justamente por isso que o Pavement dava o seu ar da graça em meio à uma grande quantidade de discos de Classic Rock, pois tocavam um rockzinho pé de chinelo com um apelo pop desprentencioso, e com isso conseguiram um carreira sólida e bastante crédito entre os fãs de rock alternativo nos EUA e ao redor do mundo. Eles se destacam como uma das mais influentes e criativas bandas que surgiu no underground americano no início dos anos 90.
Numa carreira de apenas 10 anos, este foi o terceiro disco da banda a ser lançado, também pelo selo Matador, e é tido por muitos como um dos melhores trabalhos da banda, o que é difícil de se escolher, com apenas cincos álbuns nas costas, sendo que todos eles são trabalhos impecáveis, porém o que faz Wowee Zowee se destacar dos outros é o seu experimentalismo, em relação aos outros discos.
Usando o seu rokzinho alternativo bunda mole de melodias cativantes e instrumental simples, se aventuraram com um pouco de country music, baladinhas acústicas, e dando espaço até para pitadas de punk rock e psicodelia, um tanto eclético, e por isso, na época, 1995, teve alguns reviews negativos, enquanto os fãs foram ao delírio. Hoje, qualquer um que trabalha na impressa, direcionada para a música, tem o Pavement como uma das maiores bandas da década passada, e falar mal deste disco, é pecado, e assim que a banda conseguiu esse status invejado.
Eu pessoalmente, acho que não é para tanto, é uma banda que eu gosto de escutar quando quero dar uma descanssada e acredito que não irá agradar boa parte de vocês, porém, lembrando novamente, o nosso lema é "Alternativa de Música", então fica dada a dica de um bom disco. Como de costume, clique na capa.

Um comentário:

Nilson disse...

Aí Felipe, beleza?! Mandou bem no post, gostei muito do CD do Pavement. O vocal meio chapadão e o som bastante arrastado combinam super bem, meu destaque vai pra "Grounded". No geral o CD é show, com muita variação no som, bem divertido. Abraço e tudo de bom!