sexta-feira, novembro 09, 2007

Dying Fetus - Destroy The Opposition


Esse CD tem hora para ser escutado, e essa hora é aquela que você está com raiva do mundo, de alguém ou de algo. Dying Fetus é uma pura demonstração do mais puro death metal brutal aliado à técnica instrumental e aos ideais grindcore! Cara, eu escutei esse CD duas vezes antes de resenhar, em um estado de consciência normal, e achei meramente bom. Hoje eu escutei com raiva de umas coisas, e, porra, destruidor demais, sonzeira do caralho e que tem tudo a ver com o título do álbum! As linhas de guitarra são velozes e virtuosas, fazem a adrenalina subir; em seguida, quando você percebe a velocidade da bateria e a ferocidade com a qual é tocada, o sangue ferve; no fim, o vocal gutural e agressivo completa o clima e lhe mostra a verdadeira máquina mortífera que é o Dying Fetus, essa banda que pode ser a única a unir sons extremamente complexos com músicas extremamente brutais. Não me entenda mal, pois existem diversas bandas técnicas e brutais, todavia Dying Fetus é a que vai mais longe (que eu conheço).
"In Times Of War" e "Praise The Lord (Opium Of The Masses)" são verdadeiras pauladas na nuca que eu garanto que vão lhe deixar muito eufórico, juntamente com a faixa título.
Após esse álbum, lançaram Stop At Nothing em 2003, outro exemplo de brutalidade que merece ser escutado. E 4 anos depois, que é o momento que nos encontramos hoje, lançaram War Of Attrition, um dos melhores álbuns desse ano, sem dúvidas.
Quanto mais antigo, mais sujo. Killing On Adrenaline é outro disco muito cultuado pelos fãs da banda, devido a enorme veia grindcore presente em suas faixas. Desde o início, em 1991, a banda nunca deixou as raizes de lado, portanto, se você curtir esse álbum, pode mergulhar de cabeça nos demais, só tenha cuidado: Você pode ter uma overdose e acabar inconsciente da maioria de seus atos. Os sintomas mais comuns em ouvintes viciados são: Vontade de socar quem tem opinião oposta, vontade de chutar pessoas chatas e ouvir os discos cada vez mais alto.
Quanto a alguns membros, sairam da banda para entrar no Misery Index.
Download.

3 comentários:

Anônimo disse...

porra bem q podia varia um poco ...
soh som pesado enche o saco ...
de vez em quando é legal mais nao tanto assim
qual era o lema do blog mesmo?

kekson disse...

uai.. tá achando ruim ta cheio de blog por ae com musicas pra baixar!

eu apoio e curto o fuktmp3.

esse disco do dying fetus é uma paulada na orelha.. eu conhecia 5 musicas só... agora conheço todas! =]
faixa de destaque: epidemic of hate

Felipe Eugênio disse...

Velho, o lema continua o mesmo, porém a preferência da casa, sempre foi música pesada, e nessa semana, botamos pra fuder!
De certa maneira, o kekson tá certo, está cheio de blogs de mp3, que você pode pegar feed pra rss pra acompanhar também.