quarta-feira, fevereiro 07, 2007

Morbid Angel - Altars Of Madness


Conheci o death metal lá com os meus 15 anos, através dos álbuns Works Of Carnage e Ageless Venomous, do Krisiun.
Escutava de vez em quando, mas nem tinha interesse em procurar por outras bandas ou discos. O tempo foi passando e, com conseqüência disso, fui me interessando mais pelo som extremo. Conheci o Immolation, com a pérola Close To A World Below e foi aí que decidi definitivamente procurar mais bandas.
Então, num belo dia, estava lendo algo sobre os álbuns mais influentes, ou álbuns que serviram de insipiração para todas essas bandas que fazem esse som de estuprar ouvidos inocentes, e vi lá: Morbid Angel – Altars of Madness.
Nunca tinha escutado Morbid Angel direito, então baixei o disco. Escutei-o e... “Ah, não tem nada demais!”. Pensei isso, depois decidi escutar denovo e... “Ah, soou melhor, mas não é o álbum como falaram!”. Mas por que será? Fiquei viajando, viajando e viajando... Até me ligar que o Morbid Angel foi uma das primeiras bandas de death metal e veio bem antes das já citadas ali em cima. Agora tudo fazia sentido! Basta fazermos a seguinte comparação: Um muleque conhece black metal através de bandas como Dark Funeral, Marduk, Gorgoroth e Behemoth. Quando ele escutar o clássico Black Metal do Venom, com certeza ele não vai achar “O álbum” e arrisca até dizer que o disco em questão nem é do estilo “black metal”. Com base nisso tudo, chegamos àquilo que Darwin sempre disse em sua teoria: "Tudo tende a evoluir!".
Então, meus caros leitores, o Morbid Angel e mais algumas bandas criaram o death metal e as seguintes evoluíram o estilo! Assim como o Venom criou o black metal e as outras bandas aperfeiçoaram. ;)
“Tudo tem seus primórdios”.
Agora falando do álbum, lançado em 1989 (ano que nasci), após escutá-lo com mais atenção, concluí que realmente é um clássico. Não só por ter sido base para as outras bandas complementarem o estilo, mas sim porque as músicas são muito boas, trabalhadas e empolgantes. O vocalista e baixista David Vincent destrói tudo, juntamente com o baterista Pete Sandoval (segundo ele mesmo, o criador dos “blast beats”) e a rifferama desgraçada e os solos dos guitarristas que eu não lembro o nome. xD
Basta você escutar pauladas como “Bleed For The Devil”, “Damnation”, “Lord Of All Fevers & Plagues” e “Visions From The Dark Side” para entender o que digo!
Sem mais, baixe o disco e conheça os primórdios do death metal.

5 comentários:

Anônimo disse...

Caras, desculpa ai c eu to me intrometendo em alguma coisa ai sei la, mais tipo gosei pra caralho desse blog e dos sons que vcs postam mais ta foda de fazer o download, o badongo é lerdo pra kcete sem flar q aqui o arquivo nunca ta vindo completo, tipo uma dica, pq vcs não usam o www.4shared.com? ele é o melhor site desses ai de upload q eu ja vi até agora, bom é isso ai, dexo minha dica =)

Julio disse...

Achei que era só comigo que tava dando pau no badongo! :o
A partir de sexta-feira já estarei hospedando no outro! Grato!

Felipe Eugênio disse...

Eu vou insistir um tempo no badongo, se continuar dando merda, dai veremos qual escolher.

Wally disse...

O badongo so deu paw no Cult Electric que veio com 6 musicas.. No mais acho um site legal.

Bell Waltzi disse...

E ai galera!!! Tenho que concordar com a galera, pois o blog e uma maravilha, sensacional, mas esse badongo ta de sacanagem, muito lento e em algumas vezes o arquivo vem incompleto. Tirando isso voces estao de parabens!!!!