terça-feira, julho 29, 2008

Aeon - Rise To Dominate


Aqui está um grande exemplo de banda que se deu bem em tudo num único álbum. Por quê? Porque o Aeon vem de um dos principais países a revelar bandas de death e black metal, a Suécia (Entombed, Unleashed, Amon Amarth). Também porque a produção é uma jóia, feita por quem já produziu Dark Funeral e Marduk. Não há como deixar de citar o vocal altamente compreensível - o que conta pontos, já que sempre há alguém para dizer "só não entendo/não gostei do vocal".
Rise To Dominate é um ótimo álbum! Essa introdução acima já seria mais que necessária, mas há tanta coisa na musicalidade da banda, mas tanta, que eu prefiro ir mais além. Por partes: Pegue tudo aquilo citado. Depois, imagine andamentos criativos e nada monótonos, beirando uma grande progressividade. Quer saber bem honestamente? É algo que parece aquele andamento "imperial" e negro do Behemoth com diversas bandas de death dos EUA (Cannibal e Deicide) e solos de guitarra com feelings exorbitantes. Recuso-me a citar faixas principais, pois esse aí agradou do início ao fim em cheio. E apesar de ser uma banda nova (o primeiro EP saiu em 2001 e o primeiro CD em 2005, sendo que este é o segundo), já vem influenciado e agradando muita gente. Quem? Alex Webster, do Cannibal Corpse, declarou-se fã número 1 (ele que gravou o baixo no último álbum do Hate Eternal), e um cara do TBDM (sim, não sei o nome dele e nem me interesso, já que não é uma banda que me atrai).
Bem criado, bem gravado, bem produzido... Dispensa mais comentários! Baixe e confira um som de primeira qualidade, em todos os quesitos. Download.

Um comentário:

B0b disse...

cannibal corpse com as letras de Glen Benton = Aeon brimks
pensei que só eu tivesse achado isso tudo desse disco.. a maioria reclamou da perda de brutalidade em relação ao anterior, que de fato aconteceu. Mas prefiro assim, músicas mais memoráveis